Itaúnas Print
Ensaios - Itaúnas

 


 O pequeno vilarejo ao  norte do ES, hoje transformado em Parque Estadual, me remete com facilidade a um poema de William Carlos Willians:

 

 “O mais esplêndido não é
                                       a beleza, por profunda que seja,
mas a clássica tentativa
                                       de beleza,
em meio ao charco...”


 A simplicidade do dia a dia e das coisas, as atividade de seu povo e suas manifestações culturais, contrastam  e ao mesmo tempo se  harmonizam com uma paisagem de praia aberta,  de dunas que teimam em se arrastar com o vento, de um rio de águas escuras e um alagado.